Séries

Jessica Jones: 1ª Temporada (2015)

• Gato e rato

Imagine uma pessoa com o poder de controlar mentes e fazer qualquer um sucumbir às suas próprias vontades, imagine o estrago e caos que ela poderia provocar na vida de todos: a primeira temporada de Jessica Jones mostra bem como seria.
A protagonista Jessica Jones (uau, o nome da personagem é também o nome da sérieé uma investigadora particular alcoólatra que possui superpoderes como a super força e a capacidade de dar “saltos” bem altos, quase como se voasse. Apesar destes poderes, Jessica – muito bem interpretada pela atriz de Breaking Bad, Krysten Ritter – escolhe não ficar nos holofotes e prefere lidar com a vida de um jeito normal.
Claro que a vida de alguém como Jessica não poderia ser normal, né. Ela é contratada para defender Hope, uma jovem acusada de assassinato, e acaba encontrando fantasmas de seu passado, particularmente um bem sedutor chamado Kilgrave, representado pelo nosso eterno Décimo Doutor, David Tennant.
Kilgrave é aquele típico vilão britânico de respeito. Controla a mente de quem bem entender e assim como Jessica, prefere viver no anonimato, tentando não chamar atenção para si. Ele tem um passado com nossa amiga JJ, que é mostrado por meio dos famosos flashbacks, que são muito bem empregados fazendo uma perfeita associação com o presente.
A atitude de Kilgrave para com Jessica poderia ser definida como a de um stalker poderoso. Sua obsessão com ela se torna clara ao longo da história, o que dá uma sensação de tensa agonia em quem vai assistindo aos episódios.
Com este enredo interessante, Jessica Jones é diferente de todos os filmes e séries de heróis que eu conheço. O jeito que Jessica ‘taca o foda-se’ pra todo mundo é único, o que gera uma maior identificação com a protagonista. Ela não tem uma personalidade heróica como a do Demolidor por exemplo – o que não a torna menos heroína, apenas mais humana.
E sobre o Kilgrave: que vilão foda. Seu jeito cínico e manipulador e seus constantes gritos de “JEEEYYSSICAAAAAHH” nos faz ter ainda mais raiva dele sendo que se quiser, pode fazer qualquer coisa que desejar com qualquer um – ninguém é intocável. E o que dá mais raiva é o fato de sabermos que nunca seremos tão elegantes quanto ele.
E por falar em elegância, a Jessica realmente gosta daquela calça jeans que usa. Passa literalmente a temporada inteira com ela – acho que já passou da hora de fazer uma visitinha ao camelô né, por favor.
Mas voltando ao ponto principal, além destes dois personagens que são os principais, temos também Trish e Luke Cage que se destacam. Trish é a irmã adotiva de Jessica, além de ser sua única amiga (feels); e Luke Cage é o negro maravilhoso que também possui superpoderes.
Além deles, outros como Malcolm, Hogarth e Homer Will Simpson são bons coadjuvantes, sem mencionar a presença de uma personagem bem conhecida de Demolidor. O elenco todo vai bem, e todos os núcleos acabam sendo importantes para o desenvolvimento da história.
O principal ponto negativo de Jessica Jones é o ritmo por vezes muito arrastado e repetitivo, o que decepcionou um pouco principalmente aqueles que adoraram Demolidor. Realmente a trama da série de Jessica é mais densa, e por isto a atmosfera é tão diferente da série de Matt Murdock.
Se vale a pena assistir ou não, vai de cada um. Se você quer ver uma série com mais ação e enredo movimentado a todo momento, não recomendo muito Jessica Jones. Mas se você, assim como eu, não se importa de sacrificar um ritmo mais dinâmico em troca de bons personagens e uma história interessante, indico sem sombra de dúvidas.

 

~ OBSERVAÇÕES SPOILENTAS: NÃO LEIA A NÃO SER QUE JÁ TENHA VISTO A TEMPORADA INTEIRA. O AVISO ESTÁ DADO ~

 

  • Maior surpresa da temporada: Jessica ter mudado a calça no último episódio.
  • Sabia que aquele Simpson tinha alguma coisa de errada, tava muito suspeito.
  • Ca-ra-lho, o que foi aquela cena da namorada da Hogarth morrendo?!
  • E aquela da delegacia toda controlada por Kilgrave?!
  • E aquela(s) com os pais do Kilgrave?!
  • E aquela em que a Jessica quebra o pescoço do Kilgrave?!
  • É, o que não faltam são cena icônicas.
  • Deu tanto pena do Malcolm, coitado.
  • Fiquei com raiva daquela gêmea a temporada inteira, mas acabei ficando com dó depois :/
  • Claire <3

 

~ FIM DAS OBSERVAÇÕES SPOILENTAS. A PARTIR DAQUI PODE FICAR DE BOA SE VOCÊ AINDA NÃO VIU ~

 

+ Melhor personagem: Kilgrave
Interpretado com maestria por David Tennant, Kilgrave é provavelmente o melhor vilão de todo o universo Marvel até então.

JESSICAAAAAAA
Você diria não a este homem? Pois é, não poderia

+ Melhor episódio: S01E13 (“AKA Smile”)
Uma season finale que acaba com todas as pontas soltas e conclui bem a temporada.

Quando tô me sentindo gótico e me mandam sorrir pra foto
Quando tô me sentindo gótico e me mandam sorrir pra foto

 

Ei, você! Tudo joia? Pois é, eu também tô bem. E já que agora temos intimidade, comenta aí o que cê achou da temporada. Opiniões são sempre bem-vindas, e é importante lembrar que nos comentários spoilers estão liberados. Se você não quiser vê-los, corre logo pra assistir e depois volte aqui, beleza?