Séries

Game of Thrones: 7ª Temporada (2017)

• A pressa é inimiga da perfeição

Vocês lembram o quanto a quinta temporada foi arrastada? Vocês lembram que ela só foi ficar realmente boa lá pros últimos episódios, o que me fez dar a menor nota para uma temporada de GoT até então? Pois bem. O resultado final de 4 Lelecos aqui na sétima temporada segue o mesmo critério, mas enquanto a quinta foi lenta demais, a penúltima temporada foi rápida demais.
Vamo primeiro fazer uma reflexão. Qual é o maior charme de Game of Thrones? Os dragões, as cenas de nudez ou as sequências de batalha? Se você escolheu alguma dessas três, devo discordar veementemente. Pra mim o maior diferencial da série é o fato de ninguém estar seguro. Logo na primeira temporada a HBO já nos machucou ao decapitar impiedosamente Ned Stark. Quando parecia que não podia ficar pior, os caras vão e nos presenteiam com o Casamento Vermelho. Em seguida, a luta Oberyn vs. Montanha. Se fosse qualquer outra série, Ned teria sido salvo no último minuto por um cavaleiro desconhecido, Robb teria desviado a lâmina de Roose Bolton e convocado magicamente seu lobo e Oberyn teria derrotado o Montanha sem cometer nenhum deslize. Contudo, Game of Thrones nunca foi como as outras séries.
Até agora. Um dos maiores defeitos da sétima temporada é não nos dar uma sensação real de perigo aos protagonistas, exceto por alguns momentos isolados. Não que a série tenha deixado de ter mortes, mas um pouco do impacto se perdeu. E por falar nisso, vamos partir para o segundo defeito.
Spoilers. Pra quem viveu numa caverna sem Wi-Fi durante toda a temporada, não soube que o roteiro dela vazou logo no início. Ou seja, tudo que iria acontecer já estava disponível pra qualquer um ler. E aí você pode falar “mimimi é só não ler“. Esta é a questão, eu não li. No entanto, várias outras pessoas leram. E algo que eu adorava fazer antes, ler os comentários pra ver o que a galera tava achando dos acontecimentos, eu não podia fazer mais, porque a qualquer momento algum otário poderia soltar alguma coisa.
Pegando o gancho do roteiro vazado, tivemos os episódios vazados. Olha, eu posso estar errado, mas alguém realmente acredita que tudo que foi ao ar antes da hora realmente vazou? Porque é uma incrível coincidência os episódios vazados terem sido uns dos mais assistidos quando foram transmitidos no dia correto. Pode ser que realmente tenha sido uma falha de segurança, mas pra mim ficou parecendo mais um buzz – algo pra fazer barulho e gerar expectativa. Caso tenha sido uma falha nos sistema, peço desculpas, HBO. Mas se tiver sido por querer, foi uma atitude tão medíocre quanto baixa.
E por último, o maior defeito: os fãs. Antes de me interpretarem errado, xô explicar direitinho. Não sou um daqueles “””nerds””” chatos que ficam falando coisas como “fã de verdade leu todos os livros antes mesmo da série sair” ou “esses novos fãs são todos modinhas“. Por outro lado, TODA vez que alguma coisa se populariza demais, começa a vir a galera que fica satisfeita com tudo. A turma do “se não gosta, não assiste” me dá vontade de entrar em Westeros e me jogar da Muralha. Sério, é tipo abandonar seu time de futebol só porque ele tá em má fase. Porra, se eu gosto de alguma coisa e percebo que ela perdeu um pouco a qualidade, não tenho o direito de cobrar? Ou tenho que aceitar tudo?
Isto gerou muitas falhas de roteiro e por isso eu volto ao primeiro parágrafo. Na sétima temporada, tudo tá acontecendo rápido demais. Por um lado, eu entendo, porque o tempo é curto e tem muita coisa pra acontecer. Ainda assim, eu culpo um pouco o planejamento da HBO. Por que não fizeram uma quinta temporada mais dinâmica e as duas últimas com o mesmo tanto de episódios? Provavelmente por causa do orçamento, eu sei, mas não é todo capítulo que demanda a presença de dragões, lobos e paisagens exorbitantes.
Em algumas cenas da temporada, tudo acontecia tão rápido que chegava a não fazer sentido, ainda mais se levarmos em conta o padrão game of throniano de tudo muito bem trabalhado. E é uma incrível coincidência o fato dessa ser a primeira temporada sem um resquício de consultoria do autor dos livros, George R.R. Martin.

Tá, agora chega de chatice! Eu precisava desabafar sobre isso tudo, mas vamos partir pras coisas boas. O Norte agora é dos Stark e Jon manda lá naquela porra toda. Um cara que nasceu bastardo e com desonra, que foi pra Patrulha da Noite, se tornou um líder foderoso, morreu por causa de uns cuzões apenas para depois ressuscitar e se tornar o motherfuckin’ Rei do Norte? Tem que respeitar esse moleque. Aliás, Jon está pelo menos no top 3 dos melhores personagens da série, embora nessa temporada ele não tenha brilhado tanto quanto na quinta, por exemplo.
Todo mundo comemorou quando Jon tomou o comando do Norte ao lado de sua irmã Sansa, mas o que mais estávamos esperando era sem dúvidas a chegada de Daenerys em Westeros. Ela já chega botando a mão na massa e ameaçando destruir Porto Real e tomar tudo com sangue e fogo. Porém, nosso pequeno amigo Tyrion tá lá pra ser seu conselheiro racional e a moça Targaryen resolve abordar a conquista com outros termos.
Enquanto isso, Cersei permanece na capital, isolada de todos os seus aliados. Ou pelo menos era isso que ela pensava. Um novo amigo chega no pedaço, o infame Euron Greyjoy, o cara com a maior frota dos mares. Ele oferece seus navios em troca da mão de Cersei, o que resulta em divertidos momentos com Jaime Lannister. Será que essa aliança dará certo à longo prazo?
Em Vilavelha temos Samwell Tarly. Sua função na trama é descobrir tudo o que pode sobre os zumbis-de-gelo- amaldiçoados-pelo-inverno. Como o bom estudioso que é, Sam não desiste de seus objetivos, por mais que isso custe bastante do seu tempo.
Resumindo, a sétima temporada possui dois segmentos. 1 – aqueles que estão pouco se fodendo pro reino e só querem saber de destruir os Caminhantes Brancos. 2 – aqueles que não estão nem aí pros Caminhantes e só querem saber do poder em Westeros. Isso rende muitas discussões e preparativos para a temporada final da série mais popular da atualidade.
Nessa temporada, não temos nenhum episódio ruim se levarmos em conta a ação. A produção da série tá ainda mais foderosa, de dar inveja até mesmo a produções de Hollywood. Se formos nos ater aos detalhes do roteiro e algumas inconsistências, ficaremos incomodados, mas não dá pra negar que GoT sabe nos entreter.
Não tenho muito mais o que falar aqui. Pra expor ainda mais minha opinião, vou continuar ali embaixo, com spoilers e tudo mais.
Se você ainda não terminou de ver a temporada, saiba que ela tá boa. Em questão de ação, nota 10. Toda a ideia deste blog é analisar as coisas pelo entretenimento, e não exclusivamente pelas questões técnicas, mas algumas coisas da temporada fizeram-me desanimar por saber que eles poderiam ter feito (bem) melhor. Agora só resta hibernar e aguardar pela conclusão dessa maravilhosa saga de Westeros.

 

{Nota: caso eu tenha usado algum termo desconhecido para vocês, meus queridos e queridas leitoras, não hesitem em acessar esse post aqui, ó: https://pitacosdoleleco.com.br/2017/07/11/glossario-do-leleco/}

 

~ OBSERVAÇÕES SPOILENTAS: NÃO LEIA A NÃO SER QUE JÁ TENHA VISTO A TEMPORADA INTEIRA. O AVISO ESTÁ DADO ~

 

  • Arya começando a temporada com o pé direito ao matar os Frey tudo. Infelizmente, no resto da temporada ela ficou bem chatinha, e olha que ela sempre foi uma das minhas favoritas.
  • Que delicinha aquelas transições de cena em Vilavelha com o Sam. Catando bosta — pegando sopa — arrancando escamagris —- pegando sopa de novo. Que nojinho.
  • FINALMENTE A ARYA VAI SE ENCONTRAR COM O JON EM WINTERFEEEEELLLLLLL anao ele foi encontrar a Dany. Fiquei feliz e puto.
  • Essa temporada foi a volta dos que não foram. Nymeria, Torta Quente, Gendry…
  • Melisandre mais coadjuvante que o Meistre Qyburn.
  • Cara, eu tenho muita dó do Theon. O cara era um pnc, verdade, mas depois de ter sido torturado daquele jeito nunca mais foi o mesmo, o que foi provado quando ele fugiu do navio ao ver seu tio raptando sua própria irmã. Pode ter sido uma cena até um pouco cômica, mas o que ele poderia ter feito? O que importa é que parece que ele tá se redimindo, enfim.
  • Será que a Serpente de Areia mais linda de todas e a mãe dela ainda estão apodrecendo na cela? E quanto à Yara/Asha Greyjoy??
  • Mano, a Dany tava muito arrogante nessa temporada. Cuidado aí, moça.
  • Quem é mais repetitivo, o Jon falando que os WW estão vindo ou a Dany pedindo para ele se ajoelhar?
  • NÃO ME MATEM MAS É ERRADO EU TER TORCIDO PELO BRONN NAQUELA LUTA DOS LANNISTER VS. DAENERYS???? ACHO QUE TERIA SIDO MUITO MAIS LOUCO SE ELE TIVESSE CONSEGUIDO MATAR O DROGON. 3 DRAGÕES É APELAÇÃO DEMAIS
  • Aliás, Jaime precisou ter culhões pra tentar matar a Dany em frente a um dragão e com uma mão só. Respeito.
  • Ninguém esperava que os Lannister fossem começar ganhando tanto, né? A jogada envolvendo Rochedo Casterly e os Tyrell foi muito bem feita.
  • E ah! R.I.P. Olenna, a mulher mais genial dos Sete Reinos.
  • Aquele momento em que a Goiva/Gilly revela um dos segredos mais importantes da série e o Sam nem presta atenção. Grrrr pelo menos depois a gente vê que ele tava sim atento kkk
  • Cersei grávida? Será que sua morte vai ter algo a ver com seu filho no ventre? Porque de acordo com a profecia (não me recordo muito bem) ela vai ser morta pelo valonqar (irmão mais novo). E se esse “irmão” for seu filho mais novo?
  • Agora uma confissão. Eu sempre odiei a ideia de Jon e Daenerys juntos, era muito manjada. Mas tenho que reconhecer que a química entre os dois na série foi gigante. Só não foi maior que a de Tormund e Brienne, né.
  • ESTOU VENDENDO INGRESSOS!! “A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS”, COM SAMWELL TARLY; “ESQUADRÃO SUICIDA”, ESTRELANDO CÃO DE CAÇA E JORAH MORMONT; “COMO TREINAR O SEU DRAGÃO”, CONTANDO COM JON SNOW E DAENERYS TARGARYEN; “BASTARDOS INGLÓRIOS”, UM FILME DE GENDRY E JON SNOW; E POR ÚLTIMO “FROZEN”, O FILME DOS CAMINHANTES BRANCOS. NÃO PERCAM!!!
  • Pensamento aleatório. Imaginem se os Caminhantes estivessem em Breaking Bad. O protagonista se chamaria White Walker Walter, Walter White Walker ou Walker Walter White? Meu Deus eu sou muito retardado
  • Westeros está adepto agora aos fast travels e seus corvos se filiaram ao Sedex.
  • Jurei que no episódio em que o Rei da Noite mata o Viseryon mais gente iria morrer. Acabou que foi só o Thoros.
  • E que porra foi aquela do tio Benjen aparecer do nada? Putz, muito forçado.
  • Foi só eu ou mais alguém ficou pouco se importando com o arco da Arya e da Sansa durante quase a temporada inteira?
  • E o prêmio de cena mais ridícula da temporada vai paraaaaa: Jon chamando a Daenerys de Dany!
  • Gente, por que encheram tanto o saco do Ed Sheeran por causa daquela cena? Achei bem legal e coerente com o momento da Arya.
  • Estranho pensar que o Verme Cinzento tem uma vida sexual mais ativa que a minha.
  • Mindinho morrendo teria sido surpreendente se eu não tivesse pegado um inesperado spoiler antes da hora, e olha que eu tomo muito cuidado. Entretanto, foi massa ver as irmãs Stark + Bran botando moral.
  • Que atuação do Tyrion e da Cersei naquela discussão do último episódio. Palmas pros dois.
  • Será que quando alguém tem trabalho pra fazer em Westeros eles pesquisam no bran.com?
  • Jon Aegon Targaryen?? Eita porra, isso vai dar uma merda fodida.
  • Muralha caindo e um fuckin’ dragão de gelo soltando fogo azul? Isso vai dar uma merda mais fodida ainda.

 

~ FIM DAS OBSERVAÇÕES SPOILENTAS. A PARTIR DAQUI PODE FICAR DE BOA SE VOCÊ AINDA NÃO VIU ~

 

+ Melhor personagem: Cersei Lannister
Não tem como não ter ódio dessa mulher. Ao mesmo tempo, não tem como não admirá-la por sua força, apesar de tudo.

A rainha e seu rei (?)

+ Melhor episódio: S07E04 (“The Spoils of War”)
Embora eu tenha achado a season finale mais bem escrita, este capítulo conta com momentos mais épicos e uma das melhores batalhas da série. De tirar o fôlego.

Quando você se lembra de que a última temporada pode chegar só daqui a dois anos

+ Maior surpresa/Maior decepção: Davos Seaworth/Varys
Eu já tinha criado aqui o quadro de maior surpresa da temporada. Nada mais justo que também criar o de maior decepção.
Davos sempre foi um personagem secundário, e meio que continua assim. A diferença desta temporada é que na maioria das vezes foi mais interessante acompanhar os seus momentos do que os de muitos outros protagonistas. Não posso deixar de mencionar também a evolução de Jaime Lannister.

O melhor companheiro que alguém poderia ter

Em contrapartida, Varys sempre foi um dos mais inteligentes jogadores do mundo de Game of Thrones. É uma pena que nessa temporada ele nem apareça direito. Eu poderia ter escolhido muitos outros como maiores decepções (Arya, Verme Cinzento, Sansa…), mas por tudo que Varys já fez, esperava muito mais dele.

Uma conversa regada a bons drinques

+ Pior personagem: Bran Stark
Sim, tô sendo polêmico aqui. Pra mim, Bran só serviu no final das contas pra confirmar uma teoria, enquanto no resto da temporada só ficou olhando pro nada e pagando de sábio. Espero que ele cresça como personagem nos episódios finais da série.

Quando sua paixão passa na sua frente e você tem que agir naturalmente

 

Ei, você! Tudo joia? Pois é, eu também tô bem. E já que agora temos intimidade, comenta aí o que cê achou da temporada. Opiniões são sempre bem-vindas, e é importante lembrar que nos comentários spoilers estão liberados. Se você não quiser vê-los, corre logo pra assistir e depois volte aqui, beleza?