Séries

Prison Break: 3ª Temporada (2007/08)

• Fuga da Prisão: O Retorno

Depois de 15 dias, aqui estou eu novamente neste site maravilhoso.
Algumas razões me levaram a fazer uma parada aqui nos posts. A principal delas foi novamente a minha querida e amada internet, que ultimamente tá uma bosta. Não quero transformar isto aqui num fórum de reclamação sobre a qualidade das redes do nosso país, mas cês podiam me ajudar, né, Vivo!
O outro motivo que me fez demorar a escrever novamente é aquela velha história de que esta temporada de Prison Break, por exemplo, eu assisti há mais de 2 anos, então não lembro muito bem da trama. Por isso, sempre que eu iria escrever ficava com preguicinha de ler resumos da temporada, ver vídeos falando sobre, apenas para depois deixar a criatividade fluir e escrever o pitaco. Mas depois de muita enrolação e “deixa isso pra depois kk” enfim estou aqui para satisfazer meus milhares de fãs espalhados pelo mundo.
Antes mesmo de falar da série, vou passear um pouco pela crise dos roteiristas de 2007/2008. Pra quem não sabe, nessa época houve uma greve de roteiristas americanos (leia mais sobre em fontes confiáveis como o Wikipedia) que acabou afetando várias séries em andamento, como HouseSupernaturalHow I Met Your Mother e o próprio Prison Break. Em virtude disso, o roteiro das séries acabou sendo bastante afetado, uns drasticamente. No caso da terceira temporada de PB, a quantidade de episódios foi reduzida de 22 para 13, quebrando um pouco o planejamento da série. Eu particularmente prefiro uma temporada com menos episódios, mas no caso de Prison Break não foi algo natural e acertado.
A segunda temporada acaba com Scofield, Mahone, T-Bag e Bellick indo parar na prisão de Sona, no Paraná Panamá. Após um período em que todos os personagens estiveram em liberdade, ainda que em constante fuga, agora temos a maioria novamente encarcerada, com Lincoln e Sucre do lado de fora. Além deles, temos também novos personagens que ganham espaço na história, como Sofia Lugo e Susan Anthony.
A prisão de Sona, conhecida como a mais violenta do mundo, é comandada por um cara que estranhamente lembra muito o Mr. Catra, o Lechero. Seu “governo” é autoritário mas de certa forma organizado, com uma hierarquia distorcida e torneios de luta até a morte. Sim, eventos bem carinhosos e amáveis que prezam pelos bons costumes.
Logo nos primeiros momentos, Michael Scofield é abordado e instigado a fugir da prisão junto com um homem chamado James Whistler, que assassinara o prefeito da cidade. Para garantir que Scofield faça o que lhe foi ordenado, o filho de Lincoln, L.J., e Sara Tancredi foram sequestrados e só seriam libertados com a fuga de Whistler. Com isso, nosso protagonista deve orquestrar outro plano de mestre enquanto do lado de fora seu irmão faz tudo para ajudá-lo.
Como esperado, a trama é beeem corrida. A vantagem é que os capítulos não dão espaço para enrolação, só que em alguns momentos senti que Prison Break não estava parecendo Prison Break. A primeira temporada havia sido uma fuga da prisão; a segunda fugas no mundo real; a terceira eu esperava que fosse trazer algo de inovador, e infelizmente foi uma temporada sem muito brilho. Claro que existem vários momentos bons, a história ainda assim é interessante, porém ficou parecendo mais do mesmo.
T-Bag, um dos meus personagens favoritos simplesmente por eu amar odiá-lo, não tem muito graça aqui. Scofield e Mahone são os que mais se salvam, mesmo sendo exageradamente fodas. Os outros cumprem seus papéis no roteiro, mas não nos deixam muito impressionados. Até mesmo o Sucre tá meio sem graça!!
Não há muito mais o que dizer sobre a terceira temporada de Prison Break. Não chega a ser algo ruim, mas devido à qualidade das duas primeiras temporadas acabei ficando um tantinho decepcionado, e meu irmão mais novo, com quem eu assistia à série, nem conseguiu terminar. Não faço ideia se esta queda ocorreu somente por causa da greve dos roteiristas, é difícil saber com certeza. O fato é que não parti pra quarta temporada na mesma empolgação com a qual parti para a terceira.
Com tantos pontos negativos, vale a pena realmente assistir? Sim, vale. Contudo, já aviso que embora legal e divertida, a série não é a mesma coisa de antes.

 

~ OBSERVAÇÕES SPOILENTAS: NÃO LEIA A NÃO SER QUE JÁ TENHA VISTO A TEMPORADA INTEIRA. O AVISO ESTÁ DADO ~

 

  • Meu Deus, o que foi aquilo da cabeça da Sara estar numa caixa? Que vergonha alheia, mano kk
  • Pqp, é muito difícil formar um shipp de Lincoln e Sofia. Lincia?
  • Bellick e T-Bag se foderam hehehehehe
  • Que porre aquele Whistler, zzzzzz
  • O melhor foi a cena em que o Lechero tá vendo “Copa do Mundo” com um jogo do Fluminense passando na televisão. Tá certin!
  • Susan Anthony é um nome muito mais badass que Gretchen. Gretchen, mano haha
  • Lechero morreu e deixou milhares de crianças órfãs pelo planeta.
  • Coitado do Mahone, todo cheio da abstinência.
  • Eu quase botei de título “uma temporada SONAlenta” porque achei um trocadilho fabuloso. O problema é que não é uma temporada devagar, é só um pouco enjoativa mesmo.
  • Aquele Gallego é o cara mais sortudo da vida.
  • Que misterioso esse General……..
  • É bom que o Sucre consiga escapar. Ok, produtores?
  • Será que a quarta temporada vai trazer uma nova fuga de prisão ou vai ser no mesmo estilo da segunda? Na verdade eu já sei, mas pra quem não assistiu ainda tô aqui fazendo suspense.

 

~ FIM DAS OBSERVAÇÕES SPOILENTAS. A PARTIR DAQUI PODE FICAR DE BOA SE VOCÊ AINDA NÃO VIU ~

 

+ Melhor personagem: Michael Scofield
Poderia facilmente ter colocado o Mahone aqui, mas como na escala de “fodacidade” o Michael tá um pouco acima, optei por ele. Destaque também para o Lincoln, a Susan e o Lechero.

Lendas

+ Melhor episódio: S03E13 (“The Art of The Deal”)
Normalmente, a season finale costuma ser o melhor episódio de uma temporada. Aqui não é diferente.

Apenas uma visita rotineira ao dentista

 

Ei, você! Tudo joia? Pois é, eu também tô bem. E já que agora temos intimidade, comenta aí o que cê achou da temporada. Opiniões são sempre bem-vindas, e é importante lembrar que nos comentários spoilers estão liberados. Se você não quiser vê-los, corre logo pra assistir e depois volte aqui, beleza?